Dia triste

Como umbandista, sei que no dia de hoje tenho que pensar em você com pensamentos de amor… pedindo que Deus te tenha ao seu lado, pedindo que seu caminho esteja cheio de luz, de amor, de crescimento espiritual…. Tenho que entender que as coisas são como são, que nossos pedidos nem sempre são atendidos da forma que a gente quer e que Deus sabe exatamente o que faz…
Mas como neta, filha e huma

na…. só posso dizer que saudade… e como eu queria que você estivesse aqui….
Mas, não posso duvidar nem por um minuto sequer que sua presença existe, mesmo que eu não possa te ver e te ouvir como outrora…. E, como umbandista, digo: Se cuida aê. Fique bem. Fique em paz. Pode crer que a gente está indo…. E até breve.
Anúncios

Emplacando seu carro zero sem pagar o panetone do despachante

Você já está daquele jeito pensando no tamanho do carnê que só o seu carro zero vai te proporcionar. Aí, um vendedor vem e diz pra você: “Mais R$ 900 pra fazer os documentos, mais o valor do IPVA senhora”. Oi????! Aí você liga pro despachante amigo e ele diz: “Pra você que é amigo, fica R$ 500 + IPVA”. Amigo o cacete!

Se voc~e valoriza o seu dinheiro e resolver fazer pessoalmente, na saída da concessionária pede o ‘kit despachante’. Isto é: Cópia da Nota Fiscal do fabricante + 1ª via original da Nota Fiscal da revenda (concessionária, montadora), no anverso da nota deve ter o decalque legível do chassi.

Na sua casa você prepara a cópia do RG, CPF, ou C.N.H. (modelo atual), no caso de pessoa jurídica, apresentar o CNPJ e contrato social com firma reconhecida e a cópia do comprovante de residência emitido até 3 (três) meses imediatamente anteriores. Serve energia elétrica, água, gás, telefone, internet, IPTU, condomínio, extrato bancário, INSS, plano de saúde, mensalidade escolar, contrato de financiamento do veículo e contrato de locação. Põe na conta: + R$ 0,50 de xérox.

Põe o kit e essas cópias (e os originais que não custa nada) numa pastinha.

Daí você pega seu carro novo, sem placa, esnoba todo mundo no caminho e vai no Detran na Av. do Estado, 900. Pára no estacionamento ao lado do posto. Põe na conta: + R$ 10 o tempo que precisar = R$ 10,50 até agora. O valor da gasolina você abate pelo tesão de passear com seu carro novo pela cidade.

Pode ir o proprietário do veículo, ou procurador legal, através de procuração. Fica dispensada a procuração, quando comprovado o grau de parentesco, de: avós, pais, irmãos, filhos e cônjuges. Mas tem que levar a prova do parentesco.

No site do Detran, eles te dão um link para preencher o formulário RENAVAM. Eu não aconselho. É uma porra de um formulário difícil de preencher, cheio de ‘pegadinhas’, não tô querendo dizer que são intencionais… mas escreve aí: 90% de chance de você cagar no preenchimento.

Dica 1: Na porta do Detran tem umas pessoas que ficam na calçada e vendem os formulários. Você vai gastar R$ 10 pra pegar um desses, preenchido corretamente. E pode fazer sem medo porque essas pessoas estão lá há anos!

Põe na conta: + R$ 10 = R$ 20,50 e sem dor de cabeça.

Feito isso, você pode ir em qualquer um dos bancos relacionados pelo Detran e pagar a primeira taxa o serviço de lacração, utilizando-se do código 403-0, em favor da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, sendo o valor a ser recolhido de R$ 67,18 para atendimento nos postos.

Dica 2 : Eu paguei dentro do próprio Detran que é Banco do Brasil. Na quarta de cinzas não tinha fila, mas não sei como é em dias normais.

Põe na conta: + R$ 67,18 = R$ 87,68.

Depois disso, sobre no 2º andar e vá até o Setor de Classificação de Placas, para obter o número das placas. Você pode escolher o dia de rodízio. Não sei como funciona para escolher as placas bichas.

Feito isso, você volta ao primeiro andar, no DPVAT, para calcular o IPVA e seguro obrigatório do ano atual. Esse calculo é em média 4% do valor da nota fiscal, dividido por doze, multiplicado pelo número de meses restante no ano, a parti da data da sua nota. No caso, eu paguei 11/12 do 4%. Ufa. Pode dividir em tr~es vezes.

Com o valor, você volta no banco dentro do Detran e paga o IPVA, seguro obrigatório e a taxa de R$ 193,70 referente ao registro do veículo no banco.

Põe na conta (fora o IPVA): R$ + 93,00 + 193,70 + R$ 87,68 = R$ 374,38.

Vai na xérox que fica ao lado do posto (na esquina) e tira cópia do IPVA e seguro obrigatório, para juntar com a documentação acima. De posse desse comprovante, vooolta no Detran para protocolar os documentos na Seção do CRV.

Põe na conta: 0,50. = R$ 374,88

De resto, guarda todos os docs que sobrarm e três dias depois, você vai voltar no detran apenas para retirar os documentos. Só aí você vai em um dos postos (ou lá mesmo, se quiser) emplacar fisicamente, o carro.

Parece difícil, mas não é se você seguir os passos com atenção. Depois disso tudo, veja quanto vale o seu dinheiro e resolva como vai fazer seu emplacamento em SP.

Diário de Bordo – Navio Imperatriz – “O Turista é o Artista”

Quanso avisaram que na noite seguinte o show seria feito pelos ‘talentosos passageiros’, Lorinho encheu meu saco que queria que eu cantasse uma música pra ele….

E como em Lua de Mel a gente não nega nada pro comparsa, lá estava eu me inscrevendo pro show “O Turista é o Artista”. Mas não posso negar que foi bom… cantar com uma banda maravilhosa como a Orquestra sobre as ondas, iluminação e ajuste de som perfeito…. foi o máximo!

Haaate

Definitivamente não tenho tino comercial – diferentemente do Lorinho, ainda bem. Tenho vontade de mandar um tomarnocu destamanho pra um contratante que pergunta: vc poderá esta envolvida no projeto em horário administrativo depois que as atividades de cobertura de iniciarem?

NÃO!!! Pedro, Bó. Tô assinando esse contrato porque quero tirar uma com a sua cara e tomar um processo nas costas por descumprimento de contrato. E tipo… eu já sou freelancer para não ter que dar satisfação do meu trampo. Eu te entregando essa merda a tempo, como, onde e quando eu fizer, não é problema seu.

Que cu!

Para que? Paraguaaaaaaaaaaaaaaay!

Conheci um lugar chamado Shopping China, em Salto del Guaira, Paraguay que, apesar do nome sugerir coisas falsificadas, só tem produtos de qualidade (vcs sabem que sou fresca) e que me fizeram ter dor de cabeça de nervoso com a carga tributária do Brasil.

Tem tudo o que você imaginar… eletroeletrônicos, roupas, calçados, produtos de pesca, cama, mesa e banho, doces, salgadinhos, cosméticos e acrescente aqui o que mais você imaginar… ufa! Tudo original e com garantia… e preços RIDÍCULOS! Uma garaffa de Red Label custa US$ 11! A de Gold eu tenho até tremedeira de falar… Um pacote de KitKeth custa US$ 5!!!!!! Uma TV de plasma custa US$ 900!!!!!!

Lorinho e eu saímos com um protetor solar que custa R$ 80 no Brasil por US$ 21 e um netbook que aqui está na faixa de R$ 1200, por US$ 380. Dá até para testar!

Deu depressão. Vou me recuperar comendo costela na brasa.

Beijo e tchau!

Rio Paraná, a caminho de Guaira

O paraíso das compras baratas!

Muambeira, eu...

... muambeiro, ele!

Diário de Bordo: Reveillón em Boiçucanga

Saímos novamente a caça de lugares novos para conhecer e demos de cara com a placa “Praia Brava”, entramos e na entrada da trilha, um monitor:
“A Trilha da Praia Brava faz parte de uma área sob proteção especial entre Maresias e Boiçucanga, onde a Serra do Juqueriquerê forma uma ponta que avança no mar, constituindo um importante corredor biológico.
Os ecossistemas variam, incluindo praia com mar fortemente ondulado, costões rochosos com vegetação adaptada a ventos fortes e alta salinidade, mata de encosta e de restinga. Pode se observar grande variedade de espécies de fauna e flora. Atrativos: banho de mar, cachoeira, surf, vista panorâmica, observação de mata de encosta e restinga.”

Nós: “Ok! Como é a trilha?”

Ele: “Trilha larga e de fácil acesso. Envolve subida íngreme. A única opção para percorrer a trilha é a pé. Única opção para percorrer a trilha: a pé e a caminhad dura 2 horas. ”

Nós: OI??????????????????? TCHAU!

Posso ter perdido a vista mais linda do mundo, mas nem por um balde de caralinhos amestrados eu saio da minha casa para fazer uma trilha de duas horas!

E, graças ao São Google, o Oráculo, pra não ficar na vontade: