VOLTANDO…

Falando de coisas boas, porque eu não tô inspirada para falar os problemas que andamos tendo. Nada entre nós – invejosos de plantão… … Enfim…

Vi no http://www.allbyju.blogspot.com/

“Vejam só que idéia mais genial.

Pegar vários itens do seu casamento e fazer uma caixa de recordações, assim como essa que a tia da Lucila fez para ela com: o topo do bolo, o convite, o óculos, as forminhas dos doces, etc… Além de uma linda lembrança, pode ser um objeto de decoração exclusivo.

P.S: Acho difícil alguém não conhecer, mas a Lucila tem um blog perfeito para quem curte boas dicas de decoração, o CASA DE VALENTINA. Quem não conhece, vai lá A-GO-RA!”

Achei lindo e com certeza, quando o grande dia resolver acontecer, vamos copiar!

Lembrancinha eco-friendly

Do Toda de Branco
Quando se trata de mudinhas, além de eco-friendly as lembrancinhas se adaptam a [quase] qualquer festa!
Em vasinhos, juta, copos de vidro, paninhos estampados….. são sempre lindinhas!

Estou pensando em dar mudinhas (ou miniaturas, se achar) de pimenteiras… contra inveja e mau olhado, uai!

Update: Lorinho o-di-o-u a idéia. De volta à mesa de projetos….

Tendências para 2010!

Vi lá no Quando eu Casar…
– Atenção aos pequenos detalhes e não ao cenário como um todo: um vasinho pequeno em cada mesa e prendendo o guardanapo, uma fita ornada com a mesma flor dos vasinhos com gravação do nome dos convidados;

– Festas mais íntimas: convidar somente pessoas que tem extrema intimidade com o casal e fazer a recepção num espaço menor, como um bistrô ou até mesmo na casa de um dos noivos;

– Substituição de ingredientes: trocar bolo de pasta americana por um com chatilly verdadeiro e alugar um bolo falso para decorar;

– Lembranças úteis e ecologicamente corretas: uma mudinha de um arbusto ou um aromatizador de ambientes;

– Lua-de-mel para lugares que estão na baixa temporada: casou em novembro? Que tal ir para as Serras Gaúchas?

– Uso somente de uma paleta de cores na decoração: ao invés de usar a combinação verde + branco + rosa, trocar por uma branca mais dois tons de rosas, um sendo bem vibrante. O preto e as cores metálicas também estarão in;

– Investimento bem maior em foto e vídeo do que em decoração: vejo por dois lados, o primeiro pelas imagens serem eternas e segundo pela atitude ecologicamente correta;

– Vestido tomara-que-caia: tá, eu sei… Eles nunca sairam da moda, mas bem que as manguinhas e alcinhas estiveram presentes em vários vestidos nestes dois últimos anos!

– Uso de voilete: o vintage está de volta não apenas na moda casual, mas também nos casamentos. Na minha opinião, é muito classudo!

– Damas ou floristas com vestidos diferentes mas da mesma cor: ao meu ver isso facilita muito quando se tem meninas que moram em locais distantes, dá até para comprar o tecido e enviar para que se confeccione aonde a mãe deseja!

– HD vídeo: embora mais caro, é um investimento que vale a pena!

– Imagens aéreas e maior número de telões: este último ajuda muito, principalmente se o local da recepção tiver vários ambientes!