Carta ao Papai Noel

Hey, bom velinho. Como vai?

Putz, esse ano passou rápido. Ainda me lembro de como me sentia quando escrevi a carta do ano passado. Era tanta felicidade que eu temia acordar!

Eu não gosto de pedir… sempre que converso com aquele outro cara de barba, eu só agradeço. Primeiro porque eu sei que vocês aí conhecem necessidades minhas que até mesmo eu desconheço… então, para que ficar pedindo? Segundo porque eu sei que aquilo que é de meu merecimento virá, na hora certa.

E é por isso que a única coisa que eu tenho a pedir é: me ajude a caminhar na trilha certa, para que eu mereça!

Agradeço por estar mais um ano ao lado da vó que me levanta da cama antes das sete num sábado… sei que ela só faz isso porque sente saudades de mim durante a semana. Agradeço o avô que assalta a geladeira de madrugada e mata a gente de preocupação porque sei que a única coisa que ele quer é chamar nossa atenção. Agradeço o fato de meu pai me perguntar toda semana se marcamos a data do casamento, porque sei que ele quer se programar para estar presente. Agradeço a mãe que me ama mais do que tudo no mundo e que me fez exatamente como ela, por isso batemos tanto de frente. Agradeço até as mordidas no pé que o Teco me dá quando chego do trabalho. É a forma que ele tem de me mostrar o amor incondicional sente por mim.

Agradeço por estarmos todos juntos, mais um ano. E ainda bem que a gente (e a vizinhaça) sabe que quando estamos berrando uns com os outros, ‘estamos só conversando’.

Obrigada por tudo o que passei de dificuldades no trabalho esse ano. Obrigada por ter ‘sobrevivido ao temporal’, obrigada por saber que pessoas confiaram em mim. Obrigada por afastar qualquer má intenção de nosso caminho. Obrigada pelo reconhecimento. E mesmo que não tivesse nada disso: obrigada pelo meu trabalho. Ainda falando em trabalho, por mais que eu tenha reclamado, obrigada pelo Lorinho nem ter tido tempo pra mim direito. É o preço de sermos donos de nosso próprio negócio.

Aliás, falando nele… obrigada! Obrigada por ele estar ao meu lado mais um ano e obrigada por me dar a certeza de que isso será para toda a vida. Obrigada por ele me ensinar todo dia o que é respieto, cumplicidade e companheirismo. E amor!

Obrigada pelas amizades que conquistei, obrigada pelas amizades que mantive.. obrigada pelas amizades que se foram e por aquelas que se foram mas ainda estão aqui.

Obrigada, Papai Noel. Pelas coisas materiais que consegui neste ano.
Obrigada pelo crescimento espiritual que é visível (e invisível, rs).

Obrigada pela dor, pelo carinho
Obrigada pelo amor, pelo caminho
Obrigada pela luz, pela saúde
Obrigada pela mente, pelo coração
Obrigada pelo sonho e a realização
Obrigada pelo lado esquerdo e o direito
Obrigada pela qualidade e o defeito
Obrigada pelo som, pelo silêncio

Obrigada um milhão de vezes.
Obrigada por ter tão pouco a pedir e tanto a agradecer.

Feliz Natal e um bom trabalho!

Anúncios